• Estival Shoes

Conheça os 5 maiores acidentes de trabalho da história!

Atualizado: 7 de Mai de 2019

O desastre ambiental em Brumadinho ocorreu em razão do rompimento de uma barragem da Vale no dia 25 de janeiro de 2019, o que causou a liberação de milhões de litros de lama e a morte de muitas pessoas.


Outros desastres semelhantes aconteceram no mundo.


Nesse post vamos mostrar para você quais foram os maiores acidentes de trabalho da história.


Ficou curioso? Continue lendo.



5 maiores acidentes de trabalho da história


Hoje em dia, há uma grande preocupação em relação à segurança nas empresas e aos impactos gerados pela atividade industrial, visando evitar os acidentes de trabalho ao máximo.

Apesar de todos os cuidados e medidas preventivas, volta e meia somos surpreendidos com notícias de uma grande tragédia causada pela negligência humana e geralmente com consequências terríveis.


Neste post, você vai conhecer alguns dos acidentes de trabalho que mais repercutiram no mundo. Confira!


Veja também:

A cada 3 horas e 40 minutos uma pessoa morre por acidente de trabalho

Conheça os 5 maiores acidentes de trabalho da história!

1. Explosão da plataforma P-36, no Brasil

A plataforma operada pela Petrobrás, no Rio de Janeiro, considerada uma das maiores do mundo, não resistiu às duas explosões em sua estrutura de sustentação e afundou no mar da Bacia de Campos, em 2001.


O acidente causou a morte de 11 funcionários da empresa, que tentaram fechar os dutos para evitar o vazamento de óleo no mar.

De acordo com a investigação da ANP (Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural), as explosões na plataforma ocorreram devido a “não conformidade quanto aos procedimentos operacionais de manutenção e de projeto”, mas nunca houve um laudo conclusivo.


2. Catástrofe de Chernobyl, na Ucrânia

Quem nunca ouviu falar do acidente em Chernobyl? A explosão na usina soviética, em 1986, trouxe resultados catastróficos, sendo considerado o maior acidente nuclear da história da humanidade. Os efeitos do desastre se estenderam a outros países da Europa e são sentidos até hoje.

Embora as causas da explosão nunca tenham sido oficialmente esclarecidas, sabe-se que o engenheiro chefe da usina estava coordenando uma série de testes nos reatores que iam contra os parâmetros de segurança dispostos no manual de operação.

Esses testes culminaram com a explosão de um dos reatores, seguida de um incêndio que lançou uma nuvem de gases radioativos pela antiga União Soviética e grande parte da Europa Ocidental.


3. Tragédia em Seveso, na Itália

Em 1976, a cidade de Seveso, na Itália, foi palco de um dos maiores acidentes de trabalho do mundo: o rompimento de dois tanques de pesticidas e fungicidas da fábrica da ICMESA — uma grande companhia do ramo. A tragédia ocasionou o lançamento de uma grande quantidade de substâncias tóxicas no Lago de Como, um dos maiores do país.

Estima-se que o vazamento levou cerca de 10 mil animais à morte, além de ter deixado sequelas na população devido à ingestão de substâncias nocivas à saúde, já que as toxinas entraram na cadeia alimentar.

O desastre de Seveso ocorreu devido a regulamentos industriais de segurança falhos. Ao menos, as consequências dessa tragédia serviram para algo positivo: a publicação de normas de segurança mais rígidas para fábricas com alto risco de contaminação ambiental — a Diretiva de Seveso.


4. Devastação em Bhopal, na Índia

Chegamos ao acidente considerado o maior desastre industrial do mundo, ocorrido na cidade de Bhopal, na Índia.


Em 1984, 40 toneladas de gases tóxicos mataram mais de 20 mil pessoas e outras 50 mil ficaram inválidas após um vazamento na fábrica de pesticidas da empresa Union Carbide.

Além das mortes, estima-se que cerca de 150 mil pessoas tiveram sequelas devido à exposição aos gases tóxicos.

A principal responsável pelo desastre foi a própria Union Carbide, acusada de ter negligenciado medidas de segurança fundamentais.


Segundo dados do Greenpeace, o lixo tóxico continua a contaminar o solo até hoje e a empresa, hoje administrada pela Dow Química, não foi responsabilizada por isso.


5. Desastre no Golfo do México

Em 20 de abril de 2010 acontecia o pior vazamento de petróleo no Golfo do México. A plataforma Deepwater Horizon, da petrolífera inglesa British Petroleum (BP), explodiu e provocou a morte de sete trabalhadores e o vazamento de cerca de 5 milhões de barris de petróleo no mar.


Para se ter uma ideia do tamanho do vazamento, esse número representa quase o dobro da produção diária brasileira.

Observando esses casos, não resta dúvida de que seguir procedimentos de segurança é fundamental para evitar acidentes de trabalho, que podem colocar em risco a vida humana e animal, além de interferir no equilíbrio ecológico de forma geral.

É exatamente por isso que criar medidas de prevenção e controle de riscos ambientais é fundamental para qualquer empresa.


Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais.


27 visualizações

Entre em contato

NOSSA EQUIPE ESTÁ PRONTA PARA TE ATENDER

ESTIVAL Importação & Exportação Ltda

Rua Geraldo Garcia do Nascimento, 2580 - Distrito Industrial - Franca/SP - CEP: 14.406-075 - Tel.: 16 3713 7300

Estival GmbH

Lindberghstrasse 5 – 40764 – Langenfeld – Germany 
Phone: + 49 2173 8549150 / Fax: + 49 2173 977937

Televendas:

0800-3407300

Depto Comercial:

+55 16 3713 7300

E-mail:

estival@estivalshoes.com

© 2018 Estival Importação & Exportação LTDA. Copyright - Todos os direitos reservados.