• Estival Shoes

Conheça os 5 maiores acidentes de trabalho da história!

Atualizado: 7 de Mai de 2019

O desastre ambiental em Brumadinho ocorreu em razão do rompimento de uma barragem da Vale no dia 25 de janeiro de 2019, o que causou a liberação de milhões de litros de lama e a morte de muitas pessoas.


Outros desastres semelhantes aconteceram no mundo.


Nesse post vamos mostrar para você quais foram os maiores acidentes de trabalho da história.


Ficou curioso? Continue lendo.



5 maiores acidentes de trabalho da história


Hoje em dia, há uma grande preocupação em relação à segurança nas empresas e aos impactos gerados pela atividade industrial, visando evitar os acidentes de trabalho ao máximo.

Apesar de todos os cuidados e medidas preventivas, volta e meia somos surpreendidos com notícias de uma grande tragédia causada pela negligência humana e geralmente com consequências terríveis.


Neste post, você vai conhecer alguns dos acidentes de trabalho que mais repercutiram no mundo. Confira!


Veja também:

A cada 3 horas e 40 minutos uma pessoa morre por acidente de trabalho

Conheça os 5 maiores acidentes de trabalho da história!

1. Explosão da plataforma P-36, no Brasil

A plataforma operada pela Petrobrás, no Rio de Janeiro, considerada uma das maiores do mundo, não resistiu às duas explosões em sua estrutura de sustentação e afundou no mar da Bacia de Campos, em 2001.


O acidente causou a morte de 11 funcionários da empresa, que tentaram fechar os dutos para evitar o vazamento de óleo no mar.

De acordo com a investigação da ANP (Agência Nacional de Petróleo e Gás Natural), as explosões na plataforma ocorreram devido a “não conformidade quanto aos procedimentos operacionais de manutenção e de projeto”, mas nunca houve um laudo conclusivo.


2. Catástrofe de Chernobyl, na Ucrânia

Quem nunca ouviu falar do acidente em Chernobyl? A explosão na usina soviética, em 1986, trouxe resultados catastróficos, sendo considerado o maior acidente nuclear da história da humanidade. Os efeitos do desastre se estenderam a outros países da Europa e são sentidos até hoje.

Embora as causas da explosão nunca tenham sido oficialmente esclarecidas, sabe-se que o engenheiro chefe da usina estava coordenando uma série de testes nos reatores que iam contra os parâmetros de segurança dispostos no manual de operação.

Esses testes culminaram com a explosão de um dos reatores, seguida de um incêndio que lançou uma nuvem de gases radioativos pela antiga União Soviética e grande parte da Europa Ocidental.


3. Tragédia em Seveso, na Itália

Em 1976, a cidade de Seveso, na Itália, foi palco de um dos maiores acidentes de trabalho do mundo: o rompimento de dois tanques de pesticidas e fungicidas da fábrica da ICMESA — uma grande companhia do ramo. A tragédia ocasionou o lançamento de uma grande quantidade de substâncias tóxicas no Lago de Como, um dos maiores do país.

Estima-se que o vazamento levou cerca de 10 mil animais à morte, além de ter deixado sequelas na população devido à ingestão de substâncias nocivas à saúde, já que as toxinas entraram na cadeia alimentar.

O desastre de Seveso ocorreu devido a regulamentos industriais de segurança falhos. Ao menos, as consequências dessa tragédia serviram para algo positivo: a publicação de normas de segurança mais rígidas para fábricas com alto risco de contaminação ambiental — a Diretiva de Seveso.


4. Devastação em Bhopal, na Índia

Chegamos ao acidente considerado o maior desastre industrial do mundo, ocorrido na cidade de Bhopal, na Índia.


Em 1984, 40 toneladas de gases tóxicos mataram mais de 20 mil pessoas e outras 50 mil ficaram inválidas após um vazamento na fábrica de pesticidas da empresa Union Carbide.

Além das mortes, estima-se que cerca de 150 mil pessoas tiveram sequelas devido à exposição aos gases tóxicos.

A principal responsável pelo desastre foi a própria Union Carbide, acusada de ter negligenciado medidas de segurança fundamentais.


Segundo dados do Greenpeace, o lixo tóxico continua a contaminar o solo até hoje e a empresa, hoje administrada pela Dow Química, não foi responsabilizada por isso.


5. Desastre no Golfo do México

Em 20 de abril de 2010 acontecia o pior vazamento de petróleo no Golfo do México. A plataforma Deepwater Horizon, da petrolífera inglesa British Petroleum (BP), explodiu e provocou a morte de sete trabalhadores e o vazamento de cerca de 5 milhões de barris de petróleo no mar.


Para se ter uma ideia do tamanho do vazamento, esse número representa quase o dobro da produção diária brasileira.

Observando esses casos, não resta dúvida de que seguir procedimentos de segurança é fundamental para evitar acidentes de trabalho, que podem colocar em risco a vida humana e animal, além de interferir no equilíbrio ecológico de forma geral.

É exatamente por isso que criar medidas de prevenção e controle de riscos ambientais é fundamental para qualquer empresa.


Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais.


105 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Entre em contato

NOSSA EQUIPE ESTÁ PRONTA PARA TE ATENDER

ESTIVAL Importação & Exportação Ltda

Rua Geraldo Garcia do Nascimento, 2580 - Distrito Industrial - Franca/SP - CEP: 14.406-075 - Tel.: 16 3713 7300

Estival GmbH

Lindberghstrasse 5 – 40764 – Langenfeld – Germany 
Phone: + 49 2173 8549150 / Fax: + 49 2173 977937

Televendas:

0800-3407300

Depto Comercial:

+55 16 3713 7300

E-mail:

estival@estivalshoes.com

© 2020 Estival Importação & Exportação LTDA. Copyright - Todos os direitos reservados.